• Home /
  • Sobre /
  • Contato /
  • Categorias
  • Layout novo + Novidades

    Olá pessoal, acho que vocês já perceberam que o blog mudou não é mesmo, hoje venho contar um pouquinho sobre as mudanças e contar sobre quem fez esse layout personalizado maravilhoso, então vamos lá.

    Novidades:
    Temos tópicos novos no blog, antes o blog era meio desorganizado, agora é tudo separado em categorias lá em cima, é só clicar e escolher a categoria que gostaria de ler, teremos resenhas literárias tendo em vista que acabei de fechar parceria com duas editoras, e teremos um quadro com um grupo de autoras amigas minhas, vocês conhecerão mais sobre elas e suas obras, continuarei postando meus contos e poemas, mas agora será mais fácil de encontra-los no blog.



    O layout:
    Quem fez esse lindo trabalho foi o Vinicius Ribeiro, podem conferir o portfólio dele aqui VR Design, para um rapaz tão jovem ele tem talento de sobra, foi super paciente comigo tirando todas as minhas dúvidas, ouviu atentamente minhas opiniões e loucuras toda vez que eu acrescentava ou mudava algo, ele realmente fez um trabalho ótimo acima das expectativas que eu tinha em relação ao layout, só tenho a agradece-lo.


    Então é isso pessoal, espero que tenham curtido o layout novo e aguardem que em breve terei muitas novidades, planejei muitos projetos bacanas para o blog esse ano, até o próximo post!

    Entrevista com Joyce Xavier

    Olá galera hoje trago um quadro exclusivo aqui no blog, minha amiga Bruna Martins do blog Escritora entre 4 paredes criou um grupo no WhatssApp onde reuniu 7 escritoras o qual fui convidada a participar, nesse grupo batemos papo e trocamos experiências, então tive a ideia de fazer uma entrevista com cada uma delas toda sexta-feira para ver seus pontos de vistas a respeito do mercado editorial e a vida de escritora, quem vai estrear esse quadro no blog hoje é a maravilhosa Joyce Xavier.


    Sobre Joyce:
    Joyce Xavier, mulher carioca com seus mais de 30 anos, começou a escrever bem cedo pelas folhas de seu caderno escolar. Criativa e romântica, desde nova escreveu versos para seus amores. Criou alguns blog's pela internet, mas somente após de o fim do seu relacionamento e o início de uma depressão (no qual ela rejeitou o tratamento), começou a escrever nas redes sociais e criou a sua primeira Fan Page: A tal da Joyce Xavier.
    Com isso, conquistou milhares de seguidores. Autora de dois livros e co-autora de um, Joyce tem planos para lançar a carreira no exterior e deseja investir na carreira que te deu a cura e a vida: a escrita.

    1.Quando você teve a ideia de escrever seu livro e quanto tempo levou para escrever a história?
    Com o meu primeiro livro são crônicas, resolvi escrever um livro após da divulgação na internet. Nunca havia sonhado com tal coisa.

    2.Você tinha o enredo desde o início, ou o livro foi tomando rumos diferentes durante a escrita?
    Eu sempre quis um livro melancólico e que houvesse alguma superação. Acho que deu certo, as críticas são positivas.

    3.Seus personagens foram inspirados em algum conhecido?
    As minhas crônicas foram escritas para um ex-namorado. O livro foi baseado na minha depressão, após o término.

    4.Pretende dar continuação a essa história? Se sim, adianta um pouco do próximo livro para gente? 
    Não. O relacionamento acabou, mas tenho outros projetos.

    5.Quais são seus escritores favoritos? Por quê?
    Paulo Coelho. Foi a minha inspiração, ele consegue me trazer paz e dizer detalhadamente o que eu sinto.

    6.Quais são as vantagens e desvantagens de ser escritora?
    Eu sempre digo que a escrita me cura e a leitura me salva. Essa é a vantagem, poder ajudar as pessoas é magnífico. A desvantagem é que no Brasil não é valorizado.

    7.Quais foram as maiores dificuldades para a finalização desta obra?
    Na verdade não tive nenhuma dificuldade a não ser a ansiedade.

    8.Qual foi a parte mais difícil de escrever nesse livro?
    A coragem de expor a minha vida e os meus sentimentos.

    9.Qual o trecho do seu livro que você mais gosta e por quê?
    A crônica Entre Aspas em co-autoria com a escritora Noemi Prates. Um dos textos mais inteligentes que já escrevi.

    10.Além de escritora tem outra profissão, é algo que faz porque gosta?
    Trabalho na área administrativa e gosto do que faço.

    11.Na sua opinião qual a importância do autor nacional hoje?
    Mostrar que o nosso Brasil pode crescer independente da dificuldade que passamos. Mostrar que estamos em crise por falta de educação, sendo que nossos governantes não nos querem cultos e educados. Seria um desperdício financeiro.

    12.Já tem em mente sobre o que será a sua próxima obra?
    Sim, já tenho dois livros em finalização. Um romance e um de comédia.

    13.Você acha que a pressão é maior na hora de revisar e analisar seu texto, ou prefere que outro profissional faça isso?
    Faço da melhor forma, mas encaminho para algum profissional. Não me acho tão experiente, talvez eu seja insegura.

    14.Como faz para organizar seu tempo para que não atrapalhe seu processo criativo?
    Ainda não consegui fazer isso. Escrevo a todo momento, escrevo quando a inspiração surge.

    15.Para finalizar, o que você diria para aqueles que estão se aventurando à escrever um livro?
    Nunca, nunca, nunca desista. Mesmo que alguém diga que é besteira e que você nunca será valorizado. Mesmo que as pessoas te chamem de louco, mesmo que poucas pessoas te ofereçam apoio. Nunca desista. Estude, leia e tente se aprimorar a cada momento. 

    Então é isso pessoal, espero que tenham amado conhecer a Joyce, se quiserem adquirir o livro da Joyce com dedicatória, podem entrar em contato com ela através do e-mail joycexavier.livros@yahoo.com.br 

    Depressão, pijama e vícios


    Imagem: We♥it
    Estou deprimida e magoada, minhas últimas semanas não tem sido animadoras, tenho passado meus fins de semana inteiros de pijama em cima da cama jogando Tribal Wars, um joguinho que consiste em construir um império, evolui-lo e atacar os outros jogadores online, eu sou ótima nesse jogo, jogo ele há cinco anos, porém bem sei que quando estou sempre a ponto de vencer é porque a minha vida fora do jogo tá uma merda, é o tipo de jogo que se dedica muitas horas do seu dia, você fica acordado a noite toda em tempos de guerra, lutando contra as outras tribos armando táticas de defesa e ataque com os membros da sua tribo e cuidando para seus soldados não serem mortos, eu sempre passava uns seis meses jogando, criando minha aldeia, expandindo, evoluindo, aumentando minhas tropas para um certo dia em meio a guerra um filhote de porra rala vir, atacar e saquear tudo que passei os últimos meses construindo e conquistando, com muitas noites em claro e créditos de celular (muitos créditos do celular), ai eu caia na real e via o quanto tempo havia perdido (e créditos do celular), é o tipo de jogo que te vicia, e nesses últimos cinco anos tem sido assim, jogo seis meses e nos outros seis volto a ser uma pessoa normal, e acontece que voltei a jogar faz uma semana e já estou sentindo o drama, sei que vai acontecer tudo de novo, porém não consigo evitar, é algo autodestrutivo que tenho em mim, talvez um dia eu encontre um grupo de apoio aos viciados em Tribal Wars, mas até lá que o jogo continue.

    Parceria com o grupo editorial Autêntica.

    Olá galera, estou muito contente, pois acabei de fechar minha segunda parceria do ano, novos horizontes para o Como vejo o mundo! esse ano o blog está cheio de novidades, mas isso é assunto para o próximo post, no de hoje vou falar um pouco sobre essa nova parceria e sobre a editora, então vamos lá.


    "A Autêntica Editora, criada em 1997 com foco em publicações acadêmicas, se consolidou no mercado editorial brasileiro e diversificou seu escopo ao longo desses quase 15 anos de atividades. Para continuar fiel à sua perspectiva de lançar livros de qualidade, buscar assuntos inovadores e, ao mesmo tempo, atender às demandas de seus públicos, a casa passa a ser, em 2011, um grupo – o Grupo Editorial Autêntica. Com títulos em áreas variadas, o grupo possui agora três editoras: a Autêntica Editora, com foco em livros nas áreas de Ciências Humanas e literatura infantil; a Editora Gutenberg, criada como selo em 2003, com títulos de interesse geral; e a Editora Nemo, um projeto recente, destinado à publicação de quadrinhos." (Fonte: Grupo Autêntica)

    Um de meus livros favoritos da editora eu li ano passado o Época de Morangos da Rafaella Vieira uma autora nacional, fiz resenha dele no blog onde sou colunista o Universo dos Leitores, se quiserem podem conferir a resenha aqui > Resenha: Época de Morangos.

    Sinopse: 
    “Um dia, aos 13 anos, Jordana vê de longe um rapaz e tem a certeza que ele é seu príncipe encantado – um desconhecido que é o mais lindo e perfeito garoto do mundo. Um tempo depois, descobre que ele estuda na sua própria escola, porém é mais novo que ela, e nem sonha com namoradas e com amor. O tempo vai passando e aos poucos os dois vão descobrindo as dores e as delicias da adolescência e juventude. Entre encontros e desencontros, buscam a felicidade ao lado do verdadeiro amor, que pode nascer à primeira vista e durar para sempre.”



    Estou muito animada com essa parceria e louca para conhecer os próximos lançamentos, a editora tem vários títulos magníficos para todos os estilos e gostos.

    Playlist de domingo: Ed Sheran

    ♥♥♥

    ♥ 

    Se 

    um

    escritor
    Se
    Apaixonar
    Por
    você,
    Você
    será
    imortal!

    Lançamento dos livros Os Demônios de Deus - Alexander Mackenzie e Filhos de Lilith - Elaine Velasco

    Olá galera, no post anterior comentei sobre a minha primeira parceria com a editora Madras Teen (lembram?) pois é, agora vim anunciar um evento super bacana que é o lançamento em conjunto dos livros Filhos de Lilith da autora Elaine Velasco e Os Demônios de Deus de Alexander Mackenzie. O evento será realizado na Livraria Leitura, localizada à Avenida Kennedy, 700 - Loja 115 A - Jardim do Mar, no Golden Square Shopping, em São Bernardo do campo, no dia 28/03/2015 às 14 horas.


    Parceria Madras Teen

    Estou muito feliz e vim aqui anunciar a primeira parceria do Como vejo o mundo! Sim, o ano mal começou e já tenho essa super novidade, a parceria é com a editora Madras com o selo Madras Teen.
    Conheci a editora na Bienal de SP ano passado e fiquei maravilhada com o seu diferencial, então para quem ainda não a conhece vou falar um pouquinho sobre ela.

    "A Madras Editora é uma empresa tradicional e reconhecida no mercado, estreia apenas agora no segmento de ficção, com títulos voltados exclusivamente ao entretenimento. Outro diferencial é o público alvo, que passa a ser o público jovem, amante da literatura fantástica. Além disso, o selo é totalmente composto por escritores nacionais, com vistas a valorizar e abrir caminhos para nossos talentos."


    Adoro editoras que valorizam os talentos nacionais, prevejo muitas novidades e novos autores sendo descobertos, estou muito animada com essa parceria.

    O novo selo já conta com dois títulos inéditos os quais destaco abaixo:

    madras_teen_03Filhos de Lilith: o despertar
    Elaine Velasco
    Madras Teen
    Sinopse: Alice não se lembra de seu passado, de quem era ou de onde veio. Fatos por ela desconhecidos sobre sua antiga família humana e sua ascendência a ligam diretamente a Lilith, a mãe dos súcubos e íncubos, senhora do inferno, esposa de Lúcifer e rainha das bruxas, tornando-a objeto de desejo de todas as criaturas da noite. Tudo que Alice sabe é que seu corpo anseia desesperadamente por sangue e prazer. E, para saciar-se, está disposta a tudo. É assim que Carol a encontra, no centro de São Paulo, e oferece-lhe abrigo, proteção e esclarecimentos. Entretanto, há também um antigo clã de vampiros interessados na garota, que não hesitará em tentar aliciá-la, usando como artifício o belo e sedutor João Eduardo. Batharyal, um notório anjo caído, rei dos ladrões, também possui seus próprios planos para a confusa Alice e entrará nessa disputa. Porém, uma estranha força a mantém ligada a seu criador, o excêntrico íncubo Alejandro, que conhecendo-a como ninguém, não hesitará em lançar mão de sua maior fraqueza: o amor por um humano…


    madras_teen_02
    Os demônios de Deus: O acaso é uma armadilha do destino
    Alexander Mackenzie
    Madras Teen
    Sinopse:
    Alegando sofrer de crises de solidão, Deus irá finalmente falar após anos de silêncio. E ele não poderia ter escolhido melhor pessoa para isso: o Dr. R. Mazal. No consultório em British Columbia, Canadá, um labirinto de verdades é desmoronado. À medida que a terapia segue, a vida do psicólogo entra em completa derrocada, além de estar, sem saber, no centro de uma batalha de forças além da compreensão humana. As revelações de Deus confirmam o darwinismo e rebatem as leituras completamente equivocadas sobre o livre-arbítrio. As confissões divinas não deixam de mergulhar nos mais intrincados mistérios judaicos, trazendo à luz o que foi escondido. No entanto, o enigmático Frederic Burrhus parece ter versões bem diferentes… Aquilo era apenas a ponta do iceberg ! Numa caçada frenética por respostas, o Dr. Mazal entra no centro de uma conspiração sobrenatural. Mesmo amada pelo marido, Petra o trai e esconde um segredo de todos sobre seu passado. A filha, Jane, parecia ser a maior armadilha para o império do anticristo, mas em contrapartida, era também a grande arma secreta de Deus. Para fazer o plano do Soberano prevalecer, a misteriosa família Cohen faz de tudo para que o Dr. Mazal e Jane fiquem nas mãos do inimigo. Nem sempre quem nos apunhala é de fato nosso inimigo. Deus também tem suas artimanhas? “Os demônios de Deus” é série de suspense mais controversa dos últimos anos!

    PHOTO BOOTH





    Não queremos homenagens, queremos respeito, queremos igualdade!


    Não transe.
    Não beba.
    Não fale.
    Não discuta.
    Não use essa roupa. 
    Não sente desta maneira.
    Não deixe os pelos crescerem.
    Não corte o cabelo tão curto.
    Não fale palavrão.
    Não pratique esportes.
    Não opine.
    Mas, hey, sorria! Hoje é seu dia.
    Seu dia, vadia. Promíscua. Bruxa. Vagabunda. Safada. Vitimista. Culpada. Puta. Burra. Fraca. Inferior. Cachorra. Feminazi.
    Mas, hey, hoje é dia de alegria!
    Alegria pra você, que foi guilhotinada. Queimada. Calada. Mutilada. Trancada. Estuprada. Oprimida. Abusada. Assediada. Mal-tratada. Privada.
    Mas, hey, toma aqui uma flor!
    Sorria.
    E engula a dor.
    "Laiz Gama"
                                                                                     ***
    Hoje minha timeline no facebook foi invadida por mensagens sobre o dia das mulheres, mas eu não acredito que um único dia possa nos representar, porque se você parar e pesquisar verá que há mais de 90 anos atrás mulheres morreram nesse mesmo dia por protestarem por direitos que até hoje nos são negados.
    Os homens que deixam mil recados fofos e bonitinhos são os mesmos que durante o ano inteiro gritam nos chamando de gostosas ao nos ver caminhando nas ruas, são os mesmos que nos chamam de vadias por não aceitarmos suas cantadas e investidas, são os mesmo que estupram, surram, matam e negam nossos direitos, que acham que mulher só serve para lavar louça e servi-los, para ser esposa e mãe, mulheres são muito mais que isso, além do que a mente pequena deles possam imaginar.
    Não eu não quero homenagens hoje! eu quero o respeito que mereço, não só um dia, não só um ano, quero o respeito que mereço a vida inteira.

    Playlist de sábado a noite!

    Faz um tempinho que não posto uma playist por aqui, vamos ouvir o que tem tocado minha alma nos últimos dias?

    TAG: Liebster Award

    Já respondi essa TAG há um tempo atrás no blog, mas fui tagueada por uma amiga muito querida a Lunna Marcela do blog Flor Roxa e como estamos em constante mudanças e as perguntas são diferentes não custa nada responder não é mesmo, e logo eu que amo tags (u.u sou a louca das tags), vamos lá então:
    Esta é uma TAG do selo Liebster Award e sua proposta é de promover a interação e estreitar laços entre as blogueiras. O roteiro é muito simples e gostoso de participar, primeiro vou falar brevemente 11 fatos sobre mim e que eu considere importante que saibam. No segundo momento respondo as 11 perguntas da Lunna e para finalizar deixo 11 perguntinhas que farei a outras blogueiras, no meu caso como já fiz a tag antes, não vou indicar blogueiras, vou deixar livre, se você quiser fazer sinta-se tagueada?

    ONZE COISAS SOBRE MIM:

    1- Adoro colecionar coisas, objetos, livros, lenços, bijuterias, esmaltes etc...

    2- Passo metade do meu dia em frente ao computador.

    3- Faço Karatê desde os 12 anos de idade

    4- Adoro passar tempo com minhas sobrinhas, são as crianças mais fofas que existem no mundo.

    5- Amo fotografia, fotografar pessoas e cidades.

    6- Adoro animais, meus favoritos são os gatos e as vacas.

    7- Sou cinéfila de carteirinha.

    8- Acompanho mais de 15 séries ao mesmo tempo e a lista só aumenta.

    9- Faço faculdade de Letras com licenciatura em inglês, mas não pretendo dar aulas.

    10- As vezes escrevo 5 poemas em um dia, mas as vezes passo até 5 meses sem escrever nada.

    11- Quando estou de TPM costumo comer um bolo inteiro sozinha.

    ONZE PERGUNTAS DA LUNNA PARA EU RESPONDER:

    1- Você tem algum ritual para fazer coisas tipo ler, ver filme ou escrever?
    Acho que tenho rituais para tudo rsrs, antes de ver um filme costumo ver se tenho coisas o suficiente para comer para não precisar parar o filme, ou antes de ler sempre preparo um chá de hortelã e tenho algumas manias estranhas quando vou escrever, mas não comentarei sobre isso, quem sabe um outro dia em um outro post.

    2- Como você descreveria a fase atual da sua vida?
    Destemida, pois estou fazendo e realizando tudo que sempre tive vontade de fazer, realizando meus sonhos sem medo.

    3- Se o mundo fosse acabar amanhã qual livro você leria?
    Que pergunta difícil, seria uma escolha muito injusta, mas nesse momento que estou leria o meu preferido, O senhor das moscas - Willian Golding.

    4- Se você pudesse reproduzir uma cena de um filme, podendo escolher inclusive os parceiros e parceiras de cena. Qual seriam o filme, cena e astros envolvidos?
    Obviamente que eu reproduziria Titanic, com Daniel Radclife, Emma Watson e Rupert Grint no elenco rsrs, seria demais, meus atores favoritos em um dos meus filmes favoritos, não sei exatamente que cena eu encaixaria os três, mas seria muito fofo o Rupert e a Emma na cena em que Jackie e Rose ficam de braços abertos na proa do navio rsrs.

    5- Qual a trilha musical da sua vida.
    22 de Lily Allen, essa música traduz uma fase difícil pela qual passei.

    6- Entre voltar ao passado ou viajar para o futuro, qual seria sua opção?
    Não me arrependo do meu passado, então obviamente eu iria para o futuro, a menos que eu voltasse ao passado para me passar o resultado da loteria rsrs.

    7- Cor, aroma e sabor prediletos.
    Verde, Capim recém cortado, Chocolate.

    8- Em uma balada você prefere observar ou ser observada?
    Se eu falar que nunca fui em uma balada você acredita? rsrs não sei como responder essa pergunta.

    9- No primeiro encontro com alguém especial. O que não pode faltar?
    Diálogo.

    10- Já cometeu alguma gafe? Se sim qual.
    Várias rsrs, já falei coisas que não devia, já cai em público, e quando o assunto se trata de falar em público é pior ainda, sempre gaguejo e falo besteira.

    11- Qual o ultimo filme que lhe fez chorar?
    O menino do pijama listrado.


    MINHAS PERGUNTAS PARA VOCÊS:

    1- Um livro favorito?
    2- O que não pode faltar em sua geladeira?
    3- Em dia de chuva o que você gosta de fazer?
    4- Viagem dos sonhos?
    5- Um filme emocionante?
    6- O que mais te fascina na blogosfera?
    7- Uma coisa que dinheiro não compra?
    8- Inverno ou verão? porque?
    9- Qual estilo musical favorito?
    10- Uma canção que mudou sua vida?
    11- Qual seu escritor favorito? porque?

    Então é isso pessoal, espero que tenham gostado das minhas respostas e se responderem a tag não esqueçam de deixar o link nos comentários para que eu possa conferir e deixar um recadinho.

    Repressão

    Imagem: We♥it
    "Josielma Ramos"

    Querem me controlar,
    Proibir-me,
    De dizer o que penso,
    De fazer o quero,
    O que sinto.

    Sei que terei que aguentar as consequências,
    Querem me fazer evitá-la
    Reprimindo-me,
    Salvando-me,
    Mas eu quero sofrer as consequências,
    Quero encara-las,
    Já posso me responsabilizar pelas palavras que saem da minha boca.

    Não podem calar a minha voz,
    Não podem me impedir de me expressar,
    Se quiser gritar um palavrão,
    Deixem-me gritar,
    Descobrirei sozinha se isso é bom ou ruim.

    Preciso extravasar esse aperto no meu peito,
    Mas isso vai ser impossível,
    Com toda essa gente falando ao meu ouvido,
    Dizendo-me o que devo fazer.

    Cansei disso,
    Quero escolher sozinha e sim errar...
    Pelo menos errarei sozinha,

    Sabendo que a decisão foi minha.

    Ser sua.

    Imagem: We♥it
    "Josielma Ramos"

    Hoje chorei meu amor,
    Chorei por não saber a próxima vez que iria lhe ver,
    Chorei por não estar com você.

    Quando estou contigo meu coração é só de alegrias,
    Meu riso nunca é contido,
    Sou tão feliz contigo.

    Mas quando chega a hora da despedida,
    O aperto no peito machuca,
    Fico aflita, sofrida, ferida.

    Queria poder me perder por ai,
    Queria poder fugir,
    Queria apenas a você pertencer.

    E nunca ter que me esconder.

    Confissão

    Imagem: We♥it
    "Josielma Ramos"

    Eu não quero escrever um poema sobre você,
    Cara que confunde a minha mente.

    Eu não quero!
    Porque escrever seria provar que eu estou me apegando a você,
    E você bem sabe que eu não sou de me apegar.

    Eu não sou esse tipo de garota,
    Que se apaixona e enlouquece,
    Mas talvez eu te esqueça.

    Não quero confessar,
    Mas talvez eu tenha escrito um poema sobre você.

    Teus beijos nunca mais

    Imagem: We♥it
    "Josielma Ramos"

    Teus beijos nunca mais tocarão meus lábios,
    Esqueço-te a cada palavra que diz,
    Cada vez que me machuca,
    Que me magoa.

    De fato tento te esquecer,
    E em nosso retrato pareço tão feliz,
    Confusões me acometem,
    É desconcertante te encontrar nessas esquinas.

    E o mais triste talvez seja,
    Rever um grande amor,
    Meus olhos molhados,
    Insanos,
    Faz-me lembrar dos anos,
    Em que fui feliz.

    Quero-te,
    Em versos mal ditos,
    Banais,
    Espero,

    Teus beijos nunca mais.


     
    Copyright © Como vejo o mundo | Blog | Todos os direitos reservados | Desenvolvimento por VR DESIGN :: VOLTE AO TOPO