• Home /
  • Sobre /
  • Contato /
  • Categorias
  • Meus caminhos apenas eu posso decidir




    As trilhas de Santana de Parnaíba











    Noite romântica e pedido de casamento no bistrô francês Ruella

    "Tem uma RUELLA em São Paulo, bem ali, em uma das ruas mais movimentadas de São Paulo, o primeiro da Vila Olímpia, que nos leva a um cantinho qualquer da região da Provence francesa.
    É um lugar de grandes amores, de grandes encontros e pequenos sortilégios, para levar quem a gente quer bem. Os sabores e os aromas da Cozinha de Danielle Dahoul são como um acalento, desses que sublinham a bela tradição do encontro estimulado pela comida, de que cada um de nós guarda em nossas recordações." http://www.ruella.com.br/
    Essa é a descrição no site de um dos restaurantes mais românticos de São Paulo, lugar de encontros e onde organizam lindos casamentos, no inicio da semana meu marido me ligou dizendo que me faria uma surpresa e que não era para eu agendar nada para o sábado a noite, ele me levou para jantar no bistro Ruella na Vila Olímpia, um restaurante francês com inspirações em seus pratos do mundo todo, mas principalmente da frança, o lugar inteiro me encantou, meia luz, música de fundo e lindos quadros pendurados por todas as paredes, o garçom que nos atendeu foi super educado e fez nossa noite se tornar mais mágica ainda, um verdadeiro show de sabores para o nosso paladar.
    Antes de pedirmos o jantar pedimos dois sucos, tomei de laranja e meu marido de uva verde natural.
    De entrada pedimos bolinho de risoto recheado com gorgonzola e geléia maison de pimenta dedo de moça.




    Pulamos a salada e fomos direto para o prato principal, eu pedi penne ao molho de tomate e manjericão da Vovó Laura com queijo de cabra curado ralado.

    Meu marido pediu Medaillom ao molho gorgonzola avec galette de batata doce e legumes assados ao ponto.


    Para acompanhar pedimos um vinho tinto argentino Portillo Malbec. 

    De sobremesa dividimos um Gateau au Chocolat ao leite, servido gelado avec Chantilly e Bisquit de laranja.

    Antes de pedirmos a conta ficamos conversando um pouco e ele sempre brinca comigo me pedindo em casamento e eu sempre respondo dizendo não, mas nossa conversa foi mais ou menos assim.
    Joel: Casa comigo?
    Eu: Não
    Joel repetindo: Casa comigo
    Eu: Não
    Joel sorrindo: Da primeira vez que te pedi em casamento não fiz do jeito certo.
    Eu: Eu sei.
    Joel: Então dessa vez eu quero fazer do jeito certo.
    Eu respondo sarcasticamente: Então cade o anel?
    Joel sorri e coloca a mão no bolso tirando dele uma caixinha e colocando em cima da mesa: Casa comigo?
    Eu não conseguia para de sorrir: Sim, me caso com você.

    Da primeira vez que ele me pediu em casamento foi na varanda da casa da minha mãe, tínhamos 18 anos e ele não tinha um anel, era nosso aniversário de dois anos de namoro, ele sempre me disse que um dia me pediria em casamento formalmente como era devido, mas eu me surpreendi pois achava que por estarmos casados isso nunca aconteceria.



    Garçom super atencioso que tornou o nosso jantar mágico, nos explicou a história do restaurante e sobre os pratos mais pedidos do cardápio, sempre com um sorriso no rosto e uma simpatia enorme.


    A entrada do restaurante é por uma linda Viela decorada com a temática francesa, você se sente em outro país.



    Depois de pagar a conta iriamos direto para casa, mas agimos espontaneamente e fomos direto para o shopping tamboré pegar a ultima sessão, assistimos um filme nacional, Noite da Virada, o qual super recomendo pois é muito engraçado, saímos de Alphaville era 1:30AM chegamos em casa ás duas da madrugada, foi uma das noites mais divertidas que tivemos nesse ultimo ano.







    Faltava uma hora para o filme começar, então ficamos na sala de espera do cinemark esperando o tempo passar.

    Não me julguem por tirar foto dentro da sala de cinema rsrs, entramos antes e só tinha nos dois na sala e ainda faltavam vinte minutos para o filme começar, juro que depois desliguei o celular.

    E assim foi minha noite de sábado, perfeita e romântica, com as coisas que mais gosto de fazer, estar na companhia de quem amo, comer e ver filmes.
    Se quiserem conhecer o restaurante e ver mais imagens de como ele é lindo por dentro podem conferir no site, minhas fotos não mostram toda a perfeição do local Bistrô Ruella

    Novos autores nacionais: Erick Dias

    Olá galera, hoje venho falar sobre a minha mais nova parceria, é um escritor muito talentoso que está para lançar seu livro, ele já tem vários trabalhos prontos e outros em andamento, provavelmente meu futuro colega de editora, vamos conhecer mais um pouquinho dele?

    BIOGRAFIA
                Erick Dias, comumente conhecido como Derek Diaz. Nasceu 01 de março de 1985 na cidade do Rio de Janeiro, mas morou dos seus 11 mêses aos 6 anos na cidade de São Paulo aos cuidados de um casal de primos, Lenir e Lazáro.
                Filho de mãe viúva, foi criado sua vida toda por sua querida e falecida Avó Maria José, que lhee ensinou tudo o que sabe e que ainda saberá. Solteiro e com uma filha nascida em 2011 chamada Millena Kimberlly Dias. Estudante de Radiologia Médica, trancou seu curso mas pretende retornar nesse ano de 2015, é sua paixão – além de escrever – e pretende também, lecionar aulas sobre o assunto para estudantes de cursos técnicos na área. Formado também em Web Designer e ex professor de informática no final de sua adolecencia.
                Desde sempre gostou de escrever fantasia e terror, assim como também ler. Tudo começou com histórias de RPG que narrava e jogava com seus amigos, histórias essas, que o incentivaram a escrever a saga “Os Escolhidos”, que somam 4 volumes, tendo os dois primeiros já finalizados. Sendos esses: A Missão do Anjo Liliel; Filhos de Jeovah; Guerra dos Mundos e Os Guerreiros do Armagedon. Futuramente pretende dar ínicio a uma obra de romance fantástico chamada de, “Lucy Fernandes – Uma alma e três corações.” Vale a pena mencionar que já desenhou partes dessas histórias e foi somente após assistir o filme “A Entidade”, que lhe veio a definitiva vontade de escrever.
                O interessante nessas histórias, são que a maioria dos personagens e acontecimentos, são baseados em seus amigos, e nele mesmo e em coisas que vivenciaram, dando sempre uma fantasiada aos fatos.
                Espera passar para seus leitores o amor pela leitura e pela escrita e sempre que possível, alguma lição ou aprendizado.

    Sobre sua obra:
    Sinópse: Os Escolhidos – A Missão do Anjo Liliel
    Livro 1

                Um mundo onde a magia não existe mais.
                Um mundo onde os deuses antigos descansam aprisionados na Zona do Esquecimento.
                Um mundo, onde Yahweh não habita mais. Isso é o que os anjos dizem. O que Miguel diz.
                Liliel, um anjo da guarda, é enviada a terra com a única missão de procurar pelos Escolhidos de Jeovah, seres que segundo as lendas, seriam parte do Espirito do Deus Criador, que o mesmo criara dissipando seu Espirito ao final do sétimo dia para que pudessem enfrentar as forças do mal.
                Liliel conhecerá Derek, um homem frio, egoísta e cheio de pecados, que a mesma supõe que seja um Escolhido. Mas nessa busca, Liliel descobrirá que não existe apenas um, mas vários deles.
                A lenda será revelada verdadeira quando Bond, O Immortal e Tay, a elfa, ambos Escolhidos, viajam de volta ao passado para alerta – la sobre a vinda de um mal maior, uma poderosa criatura que transformou seu mundo em somente caos e trevas, destruindo não somente os homens e criaturas, mas também todo o céu e o Espirito Santo Celeste.
                Agora cabe a Liliel, encontrar e reunir os Escolhidos, para que nosso mundo, não se torne como o futuro de Bond e Tay.
           
                Os Escolhidos – A missão do Anjo Liliel, não se trata de apenas mais uma aventura de anjos e criaturas mágicas, e sim, um escrito repleto de mistério, mitologias, ocultismo e muita, mas muita ação e violência. Pitadas de erotismo e humor darão um sabor especial a essa tão esperada e polêmica série de 4 livros.

    Se quiserem conhecer mais sobre o autor e sua obra pode conferir suas redes sociais.

                

    Manias


    Todo escritor tem sua rotina e manias para escrever, eu tenho minhas rotinas particulares, as quais incluem não seguir horário, é uma rotina fora de rotina, porém tenho muitas manias, entre elas algumas bem bobas como colecionar canetas e lápis, não conseguir escrever com caneta sem tampa, ter vários cadernos, um para cada projeto ou livro que estou escrevendo, e acho que das minhas manias mais doidas é escrever dormindo (sim, sou a maluca que escreve enquanto dorme) deixo sempre um caderninho e uma caneta no meu criado-mudo e as vezes, não é sempre que isso acontece, mas as vezes eu sonho com frases ou até poemas inteiros e enquanto durmo não sei em que momento estico o braço para pegar caderno e caneta, mas sempre acordo com ele na cama todo rascunhado com as palavras tortas fugindo das linhas, não são todas as noites que isso acontece, normalmente é quando estou muito cansada, lembro da minha mãe me contar que quando criança eu falava dormindo e as vezes caminhava pela casa a noite, não sei se tem alguma ligação com meu sonambulismo de criança, mas o que me deixa alegre é que mesmo dormindo escrevo coisas criativas, a maioria delas não entendo, mas o que dá para entender é sempre belo.
    Eu sou apaixonada por livros, estou sempre lendo, mas quando estou escrevendo algo novo não gosto de ler, sinto que posso começar a misturar o que estou lendo com o que estou escrevendo, e isso pode acabar fugindo um pouco da minha personalidade e não conseguir passar com totalidade para o papel o que de fato estou sentindo, já com a música funciona exatamente ao contrário, com ela eu me inspiro e consigo sempre escrever melhor.
    Não é ruim ter manias, ruim é não ter inspiração e enquanto minhas manias estiverem me inspirando não irei me preocupar, pelo menos não até que eu enlouqueça, ou talvez enlouquecer seja bom.

    27.07.2014















     
    Copyright © Como vejo o mundo | Blog | Todos os direitos reservados | Desenvolvimento por VR DESIGN :: VOLTE AO TOPO