• Home /
  • Sobre /
  • Contato /
  • Categorias
  • Mentira crua


    "Josielma Ramos"

    Sua pele nua se rasgava em milhões de pedaços,
    O véu que cobria tua face caiu lentamente,
    Até que apenas restou a carne crua.

    A verdade reinou soberana,
    Levantou-se humilhando toda a mentira mascarada,
    Acabando com a ironia impregnada na preguiça dos seus atos.

    Atos de amor inexistente,
    Pois nunca houve tal amor,
    Tão lindo e cruel, tão lindo e tão mal.

    A mentira vou lhe consumindo pouco a pouco,
    Pedaços de mentira se desfaziam a cada pedaço de pele rasgada,
    Até que apenas a verdade restou, 
    E nada de ti ficou.

    Dias nublados, dias depressivos


    "Josielma Ramos"

    Dias nublados são meu favoritos, 
    Talvez não tanto quanto os chuvosos,
    Mais os adoro mesmo assim.

    Dias nublados são tão tristes e depressivos,
    Que chove dentro de mim,
    São meus dias favoritos,
    Os dias tristes assim.

    Dias nublados são pra mim,
    Dias felizes enfim.

    Meu mundo


    E quantas vezes entrei em um mundo tão meu, 
    um mundo que a porta são páginas de felicidade,
    medo, saudade, amor, terror e muitas outras sensações...
    amo esse mundo meu, tão particular, 
    onde sou inatingível, meu mundo, minha vida, meus livros...
    meu amor.


    "Josielma Ramos"


     
    Copyright © Como vejo o mundo | Blog | Todos os direitos reservados | Desenvolvimento por VR DESIGN :: VOLTE AO TOPO